Contemple, Explore, Inspire-se

Suiça

Situada entre a Itália, França, Alemanha e Áustria, a Suiça possui quatro idiomas oficiais – o italiano, francês, alemão e o romanche (uma mistura de alemão com italiano). Além de ser “poliglota”, o destino é conhecido por seus deliciosos queijos e chocolates e pela produção de relógios e canivetes de qualidade. Ele também é muito procurado pelos praticantes de esportes de inverno em decorrência de suas charmosas e exclusivas estações de ski! Visite a Suiça e encante-se pelas suas paisagens montanhosas, belos lagos e lindos vilarejos. Aproveite para conhecer personagens locais como por exemplo um tocador de trompa alpina ou um produtor local de queijos e vinhos!

Destinos

Zermatt set13

Zermatt

A emblemática montanha Matterhorn, com seu o pico ligeiramente torto, homenageada na embalagem do chocolate Toblerone, é o fascinante pano de fundo de Zermatt. É possível vê-la (e fotografá-la) de todos os cantos. Pelas ruas estreitas deste vilarejo cheio de charme do cantão de Valais, onde vivem pouco mais de cinco mil habitantes, automóveis simplesmente não circulam – estão permitidos apenas carros elétricos e aristocráticas charretes puxadas por grandes cavalos. O clima é de conto de fadas. Antigos chalés de madeira de construção tipicamente alpina abrigam restaurantes gourmet, lojas de grifes e hotéis boutique. Famosa pela quantidade e qualidade de sua neve, Zermatt distribui suas pistas de esqui por três áreas distintas: Sunegga-Rothorn, Gornergart-Stockhorn e Schwarzsee – Matterhorn. A mais longa descida local se estende por impressionantes 25 quilômetros. Queridinha dos esquiadores experientes, a estação costuma receber grandes atletas em treino durante todo o ano, especialmente na geleira Theodul, no Matterhorn Glacier Paradise, esquiável de janeiro a janeiro. Mas os iniciantes – e especialmente as crianças – também têm vez. O parque Wolli foi todo concebido para os pequenos ensaiarem suas primeiras descidas com toda a segurança, sempre acompanhados de instrutores especializados e da mascote que dá nome à brincadeira: uma simpática ovelha que lidera a animação. São 52 restaurantes na montanha em Zermatt, e alguns merecem destaque: Ritti prepara delícias da região de Valais e o restaurant Glacier Paradise, asiáticas. Adler tem como especialidades grelhados, massas caseiras e batata rösti; Alm, trutas frescas, fondue de queijo, batata rösti, pasta e risoto. No Buffet Bar Sunnega, tem ótimos queijos e batata rösti além de oferecer diversas opções para as crianças; Chami-Hitta, opção para almoço e après ski, serve fondue de queijo, diversos tipos de saladas, bolos caseiros, strudel e ótimas cervejas; Gandeghutte, serve omeletes,[...]

Zurique jun22

Zurique

Situada junto aos lagos e com vista para os alpes, Zurique é a capital financeira da Suiça e faz parte da parcela alemã do país, tendo como idioma oficial o alemão. Seu perfil é cortado pelo rio Limmat e, ao caminhar pelo centro, você se depara com altas igrejas construídas há mais de 1.000 anos e muito mais. Zurique é uma metrópole sem igual, que espera ser descoberta por você!   Não deixe de conhecer a Grossmünster, uma impressionante igreja que possui torres duplas e é o verdadeiro símbolo da cidade; Faça um passeio pela famosa Bahnhofstrasse, uma das ruas mais belas e glamurosas da Europa; Para os amantes de arte, o Kunsthaus Zurique apresenta uma coleção de alto nível, que vai do século 15 até os dias de hoje; Vá ao topo do Uetliberg e desfrute de uma esplêndida vista panorâmica da cidade e do[...]

Genebra jun22

Genebra

Um dos principais destinos da Suíça e a segunda maior cidade do país, Genebra fica às margens do lago Leman, com seu famoso jato d’água que atinge 140 metros de altura. É o ponto de partida para passeios aos Alpes e suas paisagens montanhosas. A cidade abriga mais de 200 organizações internacionais, como as sedes da ONU (Organização das Nações Unidas), da Cruz Vermelha e da OMC (Organização Mundial do Comércio), além do CERN, o maior laboratório de física de partículas do mundo, criado em 1953 por doze países, incluindo a Suíça. Mas é no centro histórico que estão as principais atrações, como a Catedral de Saint Pierre, o Museu da Cruz Vermelha e o Relógio de[...]