Compartilhe isto

Blog

Reserva do Ibitipoca

por
em quarta-feira, novembro 18, 2015

História:

Foi criada em 1981 com a aquisição da Fazenda do Engenho. Já nesta época, algumas terras de cultivo foram abandonadas, o que propiciou sua regeneração. Hoje, a Reserva é composta por mais de 100 propriedades, que atingem cerca de 4.000 hectares de área preservada nos municípios de Lima Duarte, Bias Fortes e Santa Rita do Ibitipoca. A Reserva “abraça” parcialmente o Parque Estadual, formando um cinturão de proteção, amortecimento e favorecendo o intercâmbio de espécies para a reprodução e busca por alimento e abrigo. Em 2009, objetivando a geração de empregos e capacitação da população local, iniciou-se o projeto de abertura da Reserva do Ibitipoca ao turismo.

 

slider-1024x409

 

 

Experiência:

Marcia Lucas esteve recentemente no hotel e escreveu um depoimento contando um pouco de sua experiência!

” Acabo de ficar hospedada na Reserva do Ibitipoca e fiquei encantada! É uma fazenda colonial, onde a gente não se sente em um hotel, mas sendo recebida em casa de amigos. A decoração é linda, a equipe muito bem treinada e muito gentil.

A comida deliciosa! Tudo feito no forno a lenha e com produtos locais. A cozinheira Marly fez estágio no Rio com o nosso querido Claude Troisgros, não preciso falar mais nada, né? Ah e a cozinha do hotel foi inspirada na cozinha do filme Ratatouille. Um charme!

 

Untitled-1

 

A propriedade tem 3 mil hectares e a natureza do entorno é linda, convidando a gente a explorá-la. São várias opções de fáceis a difíceis. Fiz uma caminhada  pelo circuito das águas, passando por rios, prainhas e cachoeiras. Tem lindos passeios a cavalo e de bicicleta também.

 

Untitled-2

 

 

Uma boa opção é começar o dia com uma aula de Ioga e terminar o dia com uma boa massagem no spa após as atividades do dia. O almoço de sábado foi em um lugar lindo ao pé de uma cachoeira e o café da manhã de domingo, debaixo de umas jabuticabeiras centenárias, um lugar incrível!

 

Untitled-3

 

Na noite de sábado tivemos uma surpresa, um concerto de um pianista prodígio de apenas 18 anos, morador da região. Uma história admirável e uma música deliciosa.

E o que mais me impressionou foram as esculturas que o proprietário da reserva,  Renato Machado, instalou no pé da pedra do Gavião diante de uma vista espetacular. São esculturas gigantescas da artista Karen Cusolito que representam as diferentes religiões do mundo. Estar no meio destas esculturas, com o por do sol em frente é mágico!

É um programa que eu super recomendo!

 

Untitled-4

 

 

Tradições Culinárias Alemãs

por
em terça-feira, setembro 22, 2015

Tão variadas como as regiões da Alemanha e sua história, são as diferentes tradições culinárias, que vão muito além da cerveja e da salsicha!

Captura de tela 2015-09-22 11.39.06

 

Você sabia que na Alemanha existem 13 regiões vinícolas? Do rio Elba, passando pelo Lago de Constança na fronteira com a Áustria e a Suíça, até chegar ao Reno. As variedades mais comuns são Riesling, Müller-Thurgau e Spätburgunder. Por todas as regiões, em agosto e setembro, os festivais do vinho convidam os moradores e viajantes para celebrar e experimentar as delicias e especialidades de cada região. A região vinícola número 1 é a Renânia Palatinado, que tem nada menos do que seis áreas distintas. Lá todos os anos, a Festa das Vindimas Alemã coroa uma nova ‘Rainha do Vinho’.

 

2-vinhos-vale-do-mosel-alemanha

 

Em Frankfurt o vinho de maçã e o molho verde dão um toque especial a culinária regional. O vinho de maçã, também conhecido por “Ebbelwei” é servido em uma jarra de cerâmica azul tradicional chamada “Bembel”. Já o molho verde, é servido sobre batatas e ovos cozidos e acompanha pratos tradicionais da região. Uma vez por ano acontece o Festival do Molho Verde que premia o melhor molho e é uma oportunidade de conhecer às suas mais diferentes variações.

 

header_Gruene-Sosse_2_656x492

 

Já ouviu falar do Labskaus? Considerado hoje uma verdadeira iguaria por gourmets do mundo todo, o Labskaus, prato típico do norte da Alemanha, era nada mais que uma forma de antigamente manter os alimentos frescos por mais tempo nos navios. A receita original não se sabe ao certo, mas o prato é composto por purê de carne bovina salgada, beterrabas em conversa, cebola e batatas. Ficou curioso? Uma vez por ano acontece na cidade de Wilhemshaven, no norte da Alemanha, um grande encontro, onde é possível experimentar o Labskaus.

 

2z712409-004--600x300

 

Você já experimentou o Marzipã de Lübeck? Lübeck, a cidade onde surgiu o famoso Marzipan, é a prova de que os habitantes de Schleswig-Holstein também têm uma queda pelo lado doce da vida. Antigamente, o marzipã era um privilégio dos ricos e poderosos, e hoje continua a ser produzido em trabalho manual. No Salão do Marzipã da fábrica Niederegger Marzipan, em Lübeck, os visitantes ficam conhecendo tudo sobre a longa viagem que essa especialidade de amêndoas fez ao longo de centenas de anos, desde sua origem no Oriente até a cidade hanseática. Pois, embora os habitantes de Lübeck não tenham inventado o marzipã, eles certamente souberam levá-lo à perfeição. Se tiver a oportunidade não deixe de experimentar essa delícia!

 

header_Marzipan_SH_imago60377582h_656x492

 

 

 

 

 

KIAROA Eco-Luxury Resort

por
em segunda-feira, setembro 14, 2015

Uma pérola negra da Polinésia Francesa, essa foi a inspiração para o nome do Resort. Projetado para ser uma extensão da natureza, o Kiaroa oferece o conforto de um resort de luxo para quem gosta de se hospedar com muito conforto e conhecer lugares exóticos.

Uma região quase inexplorada, um imenso santuário bem preservado cercado pela mata atlântica, em frente às piscinas naturais formadas pelas águas transparentes da Península de Maraú. Nesse cenário fantástico ergue-se um complexo de hospedagem e lazer luxuoso, sofisticado, especialmente criado para pessoas que não se contentam com o comum. Como você.

Captura de tela 2015-09-14 16.42.27

O Kiaroa oferece 22 unidades de hospedagem – entre suítes e bangalôs, SPA, gastronomia gourmet e uma série de atividades prazerosas cercadas de luxo, conforto e privacidade!

Captura de tela 2015-09-14 16.46.55

A Terra de Todos os Santos, Ritos, Mitos e Sabores recebe mês que vem, o grande encontro de dois renomados Chefs que mostrarão toda a diversidade da culinária brasileira no Festival Gastronômico do Kiaroa Eco-Luxury Resort 2015.

Nos dias que antecedem o feriado da padroeira do Brasil (12.Out), dois jantares exclusivos para aqueles que desejam desvendar os sabores resultantes de uma grande mistura de tradições.

Desfrute de dias inesquecíveis. De 09 a 12 de Outubro na Península de Maraú, Costa do Dendê na Bahia.

Captura de tela 2015-09-14 17.25.41

Conheça um pouco mais dos chefs que estarão presente no evento:

Edinho Engel coleciona vários prêmios em sua carreira, como o Chef do ano pela “Revista Veja Salvador e Gula” e “Estrela do Guia 4 Rodas”, por diversos anos consecutivos.

Há nove anos em Salvador, esse mineiro vem fazendo um estrondoso sucesso entre baianos e turistas, sempre pesquisando ingredientes brasileiros e construindo uma culinária contemporânea que se renova a todo instante. Hoje Edinho, renomado chef e restaurateur, está à frente de alguns restaurantes, entre eles o refinado Amado, um dos melhores da capital baiana.

650x375_edinho-engel_1454598

Fabrício Lemos morou nos Estados Unidos, onde se tornou um grande Chef de cozinha, com experiência, por mais de dez anos, na cozinha dos hotéis Ritz-Carlton.

O jovem Chef, destaque da escola Le Cordon Bleu, encara a gastronomia como uma forma de fazer arte, e inova nas receitas levando em consideração a história de cada prato.

Hoje, ele assume a cozinha do Restaurante Amado, junto a Edinho Engel.

650x375_chef-fabricio-lemos_1530772

 

 

 

Além do festival gastronômico, o hotel está com uma condição especial para o período de SETEMBRO e OUTUBRO: Para hospedagem a partir de 3 noites, o viajante ganha a 4ª noite e possibilidade de upgrade de categoria!

Captura de tela 2015-09-14 17.48.51

Temporada de Ski em St Moritz

por
em sexta-feira, dezembro 26, 2014

Com tantos lugares para esquiar na Europa fica difícil decidir pra onde ir… Mas uma boa dica é St. Moritz, que agrada tanto os esquiadores, quanto aqueles que curtem passear pela cidade ou aproveitar a vida noturna super agitada da cidade.

Para quem não esquia, St. Moritz oferece uma trilha de 150km para caminhadas ou passeio de trenó nas montanhas. Já aos amantes de snowboard e esqui, esse lugar paradisíaco reserva 350 km de pistas em altitudes que variam de 1.800m a 3.300m.

Montagem 1

A qualidade da neve ajuda muito para quem quer pegar velocidade ou até mesmo para quem está começando a aprender. Com uma neve lisa, os obstáculos são quase inexistentes, o que proporciona  muita diversão.

São 3 estações de esqui, Corviglia, Corvatsch e Diavolezza, que não se interligam. Das 3, a maior estação é a Corviglia que conta com 33 pistas e atinge até 3.057 metros de altitude.

Se está planejando esquiar com a família, St. Moritz é o destino ideal para agradar a todos!!